sexta-feira, 19 de março de 2010

Biscornus Primaveril



O meu primeiro biscornu, nunca tinha feito, gostei imenso e fiquei fã, também foi feito no coisas de miudas.Espero que vos agrade como a mim. Bj.

6 comentários:

Isadora disse...

Está lindinho!!!

Aninha disse...

Tá lindo seu biscornus, Nocas.
Beijos no coração

Diario de trabalhos disse...

olá Nocas eu também me increvi no sal dos biscornus vamos ver o que vai sair pois também ainda nunca fiz nenhum, o seu está muito bonito espero que os meus também saiam assim obrigada por visitar o meu cantinho,também gostei muito do seu.
Beijinhos

Diario de trabalhos disse...

Obrigada Nocas pelos miminhos
Beijinhos:)

LOCAS disse...

Está muito bonito, Nocas.
Parabéns.
Gostei muito de ver o teu blog.
Beijinhos grandes

Locas.....

Rosana disse...

Bom Dia Carinhoso

Uma otima semana

Que o dia de hoje esteja trazendo o novo, a mudança e o grande vôo!
Que o agora seja vibrante em nossos corações sem projeções futuras, sem memórias passadas.

Vamos experimentar o abandono dos pesos ,
vamos tentar ser como o pássaro que canta lá fora nesse exato momento,
ser como a árvore que faz a sombra amena,
como o sol que reflete vida a cada segundo..

Sintonizar o nosso eu nesse instante que está chegando,
porque ele revela a única existência verdadeira e respira cheio de possibilidades reais.

O instante de agora traz nele a mais pura semente germinável,
aquela que é capaz de transformar todos os nossos conceitos condicionados .

Sentir o contato, o toque suave desse dia, fechar nossos olhos e tentar absorver o agora o entendendo como o grande presente da energia,
percebendo a grandiosidade que nos é oferecida quando abrimos realmente os braços para recebê-lo sem tensões,
sem as interferências da mente,
sem os pensamentos que o anulam.

Recebê-lo com as portas do coração abertas e renascer,
mergulhar, conhecer a consciência de ser na exuberância desse instante.

Como borboletas que seguem em direção à Luz, que cada um de nós saiba abandonar os antigos casulos e voe em direção ao brilho da vida que está começando agora.